FANDOM



O Arco Dressrosa é o vigésimo sétimo arco da história da série e a segunda na Saga Aliança Pirata de One Piece, continuando a partir do Arco Punk Hazard.

Os Chapéus de Palha, Trafalgar Law, e Kin'emon, tendo formado uma aliança, viajam para Dressrosa como parte de seu plano. Dressrosa é a segunda ilha do encontro Chapéus de palha no Novo Mundo e é governado pelo Shichibukai, Donquixote Doflamingo.


Alerta de Spoiler: Os seguintes fatos relatam à respeito do Arco Dressrosa.


Sumário

Fúria do Shichibukai: Donquixote Doflamingo faz seu movimento

Renuncia de Doflamingo image

A renúncia de Doflamingo do Shichibukai afeta nações em todo o mundo.

À medida que a notícia da renúncia do Doflamingo e das alianças dos piratas se espalhavam , o caos se seguiu. Em zonas de guerra, exércitos estavam desesperados para entrar em contato com o ex-Shichibukai, a fim de obter novos suprimentos de armas, enquanto piratas em toda parte começaram a entrar em pânico sobre as alianças relatadas por Absa. Enquanto isso, Doflamingo recebeu a chamada prometida de Law, com alguns dos Chapéus de Palha na outra extremidade aparentemente surpreso que o ex-Shichibukai realmente o pegou. Luffy retornou a saudação de Doflamingo gritando sua declaração de ser o Rei Pirata, seguido por Doflamingo com raiva ameaçadora que ele estava disposto a devolver Caesar, mas se descobrisse que eles estavam repetindo as mesmas ações que eles fizeram em Punk Hazard, o mesmo iria enfrentar o antigo Shichibukai. Doflamingo simplesmente riu, perguntando onde Luffy estava e afirmando que queria conhecer o Chapéu de Palha, alegando que ele tinha algo que Luffy faria qualquer coisa para conseguir. Enquanto Luffy começava a imaginar carne, Usopp arrastou seu capitão do Den Den Mushi, com Law pegando o receptor para iniciar as negociações. Depois que Doflamingo se assegurou de que Caesar estivesse bem, Law contou ao seu antigo patrão a hora e o lugar da caminhonete. Luffy então abruptamente desligou no Shichibukai antes de ser apanhado na "conversa" de Doflamingo novamente. [1]

Sanji então perguntou se não teria sido melhor para eles limitar as forças presentes para a pick up, mas Law refutou isso, afirmando que seu verdadeiro objetivo era encontrar a fábrica escondida SMILE e destruí-lo. Luffy começou a ficar animado sobre esta aventura e seu próximo em que ele planeja ir para o País Wano. Eles decidiram tomar o café da manhã, durante o qual Kin'emon explicou brevemente os eventos que levaram ele e Momonosuke terminando em Punk Hazard. Quando Law ouviu que os samurais estavam indo para Zou, ele afirmou que também estava pensando em ir para lá depois de destruir a fábrica para se juntar à sua tripulação. Quando Kinemon terminou de contar sua história, Franky, Chopper e Luffy então se deixam levar, dizendo que eles vão ajudar o amigo do samurai, Kanjuro também, o que irrita muito Law. [1]

Na nova Sede da Marinha, estava ocorrrendo um interrogatório sobre a abdicação de Doflamingo, a aliança de Law, e o Shichibukai como um todo, que agora incluía Buggy e outro pirata sem nome. Em resposta a isso, o Almirante da Frota Sakazuki afirmou que enviou Fujitora á Dressrosa para investigar. [1]

Doflamingo com a Mera Mera no Mi

Doflamingo segurando o Mera Mera no Mi.

Em Dressrosa, Baby 5 foi procurar Trebol, que de repente apareceu na frente dela. Baby 5 disse-lhe que Doflamingo está procurando por ele, para trazer "aquilo". Depois que Trebol a provocou sobre a execução constante que seu capitão comete de todos seus namorados precedentes, foi então encontrar-se com o ex-Shichibukai. Enquanto estava lá, foi revelado que o objeto solicitado por Doflamingo era de fato a Mera Mera no Mi, Akuma no Mi de Ace antes de sua morte. Doflamingo confiou a fruta a outro de seus subordinados, Diamante, ao comentar que Luffy virá correndo para ele, pois não queria que qualquer um tivesse a fruta do seu falecido irmão. 1

Em outro lugar, os Chapéus de Palha e Law, obtem uma breve visão de Dressrosa.

Chegada em Dressrosa: Aventura no País de Amor, Paixão e Brinquedos

A tripulação atracou na ilha e desembarcou. Luffy tentou fazer Momonosuke voar para que pudessem encontrar a fábrica, mas Momonosuke não conseguia se lembrar de como ele fez isso pela primeira vez, dizendo a Luffy que seu pai o proibiu de entrar na ilha. Luffy entrou em uma briga com Momonosuke sobre isso até Kin'emon o acalma. Kin'emon mostrou então à tripulação as roupas que eles precisarão para disfarçar. O Law entregou á Nami um cartão de Vivre Card para Zou caso que algo acontece e seu plano fosse estabelecido. O grupo que era encarregado de Caesar (Law, Usopp e Robin) cruzaria Dressrosa até Green Bit e o deixaria enquanto alguns membros da tripulação (Nami, Chopper, Brook e Momonosuke) vigiariam o navio. No entanto, Law notou que Luffy, Zoro, Sanji, Franky, e Kinemon (a equipe de destruição de fábrica) havia desaparecido de repente. [2]

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Arco Dressrosa

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.