FANDOM


O arquipélago de Sabaody é a ilha final no paraíso, perto da Red Line. Embora seja chamado de arquipélago, na verdade é uma enorme floresta de mangue crescendo no meio do oceano com cada árvore da floresta servindo como uma "ilha" na qual as pessoas vivem. Uma vez que é apenas um grupo de árvores e não uma ilha como as encontradas na Grand Line, ela não possui atração magnética para afetar a Log Pose.

Devido ao fato de o local estar próximo da parte da Red Line, que faz fronteira com a primeira metade da Grand Line e do Novo Mundo, é um ponto de parada altamente visitado para todos os tipos de viajantes se prepararem antes de entrar no Novo Mundo. Além de seu ambiente único e de ser um centro de negócios em expansão, é notável pelos Nobres Mundiais que lá visitam e pelo próspero comércio de escravos apoiado por eles. Um notável grupo de caça aos escravos é o Flying Fish Riders, cuja sede fica a vários quilômetros a leste da área.

Após a Batalha de Marineford, um grande tsunami foi enviado para o Arquipélago de Sabaody pelos recém-descobertos poderes do terremoto de Marshall D. Teach. Um alerta de tsunami foi feito e causou enorme pânico na ilha.

Algum tempo após a renúncia de Sengoku e Sakazuki assumindo o comando, a base de operações da Sede da Marinha foi transferida para o G-1 no Novo Mundo. Isso faz com que o Arquipélago de Sabaody se torne ainda mais sem lei.

Geografia

O Arquipélago de Sabaody é, na realidade, uma enorme floresta de mangue no meio do oceano, composta por 79 árvores separadas conhecidas como Yarukiman Mangrove. Seu nome é um trocadilho com a frase em japonês, "Yaru Ki Manman", que significa estar animado ou motivado. As árvores Yarukiman Mangrove são os maiores manguezais do mundo e são fortes o suficiente para crescer do fundo do oceano até o topo. Eles não afundam no oceano durante a maré alta, como as outras árvores de mangue, e a textura em suas cascas tem um aspecto tão distinto que se assemelha a grandes bastões de doces. Cada árvore é chamada de bosque e serve como uma ilha para a qual as pessoas vivem. As pessoas podem ir de um bosque para outro através das várias pontes construídas, conectando-se em torno das muitas raízes das árvores.

Map of Sabaody Archipelago

Um mapa do arquipélago.

As setenta e nove árvores são divididas em várias áreas diferentes, com cada uma dependente do número da área.

  • 1-29: Uma área sem lei onde piratas e caçadores de recompensas enlouquecem
  • 30-39:  Sabaody Park, um parque de diversões com atrações baseadas em bolhas
  • 40-49: Uma área turística, repleta de lojas e bancas de souvenirs
  • 50-59: Uma área de expedição
  • 60-69: Sede local para os marinheiros
  • 70-79: Uma cidade hoteleira

A localização da floresta de mangal é crucial nas viagens pela Grand Line devido à sua aproximação aos dois únicos pontos de passagem deste lado do mundo. Embora existam vários caminhos que atravessam o oceano equatorial, os únicos dois pontos que cruzam para o outro lado (Mary Geoise e Ilha dos Tritões) estão exatamente no mesmo lugar, com um no topo da Red Line, e o outro em um enorme túnel sob a Red Line nas profundezas do oceano. Como esse é o único ponto em que se pode entrar no Novo Mundo, a localização do Arquipélago Sabaody o torna ideal para qualquer um que precise se preparar para atravessar essa parte do oceano por qualquer meio. Assim, todos, desde os nobres de alto nível até os piratas que os atravessam, usam o Arquipélago Sabaody como um ponto de descanso e preparação, enquanto olham para trás em suas jornadas anteriores e se preparam para entrar no Novo Mundo.

Locais Notáveis

Base da Marinha

Sabaody Marine Base

Base da Marinha em Sabaody.

A base da Marinha de Sabaody é uma base da Marinha localizada na GR 66 do Arquipélago Sabaody e é responsável pela sua segurança. Quando os Chapéus de Palha chegaram pela primeira vez aqui, a influência da Base Marinha começou em GR 30 e terminou em GR 79, deixando GR 1 a 29 ser uma área sem lei onde piratas e caçadores de recompensas governavam. Depois que a base da Sede da Marinha foi transferida para o Novo Mundo, a influência da Base Marinha enfraqueceu e o Arquipélago se tornou menos seguro e mais difícil de proteger.

Crise no Arquipélago Sabaody

Durante a preparação para a Batalha de Marineford, a Base Naval do Arquipélago de Sabaody teve que proteger o Arquipélago completamente por conta própria. Quando soube que Silvers Rayleigh seria vendido como escravo, cercou a Casa de Leilões Humanos com todas as suas tropas. Depois que Monkey D. Luffy socou São Charloss e os Chapéus de Palha atacaram a Casa de Leilões, a Base da Marinha foi ordenada a impedi-los, os Piratas Heart e os Piratas Kid a escapar até que o Almirante Kizaru viesse com alguns Pacifistas. A Base da Marinha falhou quando foi completamente derrotada pelas três tripulações piratas que conseguiram escapar.

Dois Anos Depois

Quando a Base Naval de Sabaody descobriu que os Falsos Piratas do Chapéu de Palha estavam recrutando novos membros, enviou marinheiros para o GR 46 para confirmar que eles haviam voltado para o Arquipélago. Depois que a equipe de investigação "reconheceu" os Piratas Falsos, a Base da Marinha decidiu evacuar os bosques vizinhos e enviar suas tropas para se prepararem para a batalha. O capitão da Unidade de Ciência, Sentomaru, disse a um oficial da Marinha que ele estava indo para a GR 46 na frente, com PX-5 e PX-7, explicando que a Base da Marinha estava subestimando os Piratas do Chapéu de Palha.

Os marinheiros enviaram seis pelotões para capturar os chapéus de palha. No entanto, devido a várias interrupções, eles ficaram paralisados ​​e não puderam pegá-los. As razões foram:

  • O primeiro pelotão (liderado por Sentomaru) estava ocupado com os piratas reunidos pelos impostores, enquanto o PX-5 e o PX-7 foram destruídos por Luffy, Zoro e Sanji;
  • O 2º pelotão (primeiro back-up) foi parado por Silvers Rayleigh;
  • O terceiro pelotão (segundo backup) ficou incapacitado pela depressão (pelos Negative Hollows de Perona);
  • O 4º pelotão (3º backup) foi atacado por besouros gigantes (presumivelmente em ordens de Heracles);
  • O pelotão 5º (4º backup) não foi capaz de perseguir devido a sua pólvora estar molhada (devido aos cientistas da Weatheria);
  • O 6º pelotão (5º backup) não conseguiu prosseguir devido à sua passagem ser bloqueada por okamas que estavam "esmagando" seus corações.

Um navio da Marinha também tentou impedir a saída dos Chapéus de Palha, mas foi impedido por Hancock, que inventou uma desculpa dizendo que o navio estava em seu caminho. No anime, o pássaro gigante em que Chopper entrou também derrubou as velas do navio.

Cidadãos