Wikia

One Piece Wiki

Nico Robin

Comentários17
902 pages em
Este wiki
Nico Robin
Nico-Robin
Características
Nome Japonês: ニコ・ロビン
Nome Romanizado: Niko Robin
Nome em Português: Nico Robin
Terra Natal: Ohara, West Blue
Família: Nico Olvia (Mãe)
Primeira Aparição: Capítulo 114; Episódio 67
Afiliações: Piratas do Chapéu de Palha;

Baroque Works (antes); Exército Revolucionário (antes, temporáriamente); Piratas do Foxy (filler)

Alcunha ''Miss All Sunday'' (ミス・オールサンデー, Misu Ōrusandē); Criança Demônio (悪魔の子 Akuma no Ko); A luz da revolução (革命の灯 Kakumei no Tomoshibi)
Cargo: Arqueóloga; Pirata; Assassina; Vice-Presidente da Baroque Works (antes)
Seiyū: Yuriko Yamaguchi (Episódio 67 ao 298, 320+); Yuko Kobayashi (Episódio 299 ao 319); Anzu Nagai (Criança)
Idade: 28 (estréia)

30 (depois do timeskip)

Aniversário: 6 de Fevereiro
Altura: 1,88 Metros
Recompensa Atual: ฿ 80,000,000
Akuma no Mi
Nome: Hana Hana no Mi
Nome em Português: Fruta da Flor
Tipo: Paramecia
Nico Robin é a arqueóloga dos piratas do Chapéu de Palha. Ela foi originalmente introduzida como vice-presidente da organização criminosa de nome Baroque Works, com a alcunha de Miss All Sunday. Sétima integrante da tripulação, Foi a primeira "vilã" a entrar no grupo. Possui as habilidades da Fruta Hana Hana no mi. Tem uma recompensa de 80 milhões de Belis ( Berrysymbol 80.000.000).

Relacionamento/Entrada

470853-render nicorobin

Após o TimeSkip

Ela entrou para a tripulação dos Chapéus de Palha após ser salva por Luffy. Ferida por Crocodile e desejando a morte,Nico Robin não queria ser salva, mas Luffy disse: "Por quê eu iria dar ouvidos a você?". Depois disso, ela se escondeu no navio até a fuga do bando, que estava sendo perseguido pela Marinha.

Robin não foi bem aceita pelo grupo no começo. Dizendo que não tinha mais para onde ir, ela pediu para Luffy o ingresso na tripulação, já que ele não a deixou para morrer como queria. Luffy e Chopper aceitaram de imediato, pois sempre ela "fazia" mãos a os divertir e fazer cóçegas. Zoro sempre ficava com o pé atrás com ela, mas foi cedendo com o tempo. Nami é a primeira a dizer que fingir de boa não a enganava, mas Robin trouxe uma bolsa de jóias do Crocodile para ela, e a partir daí, o dinheiro fala mais alto e ela passa a adorar Robin. Usopp fica desconfiado por pouco tempo, até cair no chão de tanto rir com os truques da Hana Hana no Mi. Sanji como sempre já a aceita de imediato ao ponto de servir chá pela primeira vez que a vê.

Robin sempre ajuda muito o bando e é parte principal da equipe, e ser calada, ela adora todos do seu jeito, é sempre bem reservada como Zoro, sempre lê livros na viagem ou nas festas do navio. Raramente (ou nunca) chama seus colegas pelos nomes, mas sim pelas suas ocupações, como exemplo, Nami, a quem chama de "Senhorita Navegadora" (Kõkaishi-san). E ela é a unica da tripulação que Luffy não convidou para se juntar a equipe. Não se sabe o motivo do porque ela chama Usopp de Narigudo-kun ao invés de sua ocupação, que é a de atirador.

E a puberdade dela ainda esta na auge.

Habilidades e Competência

Em uma idade jovem, Robin adquiriu uma recompensa de 79 milhões por consumir a Hana Hana no Mi (Fruta Flor-Flor) , tornando-a bastante poderosa e, supostamente, afundando seis navios de guerra do Buster Call, com seus poderes de Akuma no Mi. Isso foi uma mentira, no entanto, a recompensa dela foi emitida porque ela pode ler poneglyphs que contam a Century Void. Os navios foram realmente destruídos por Jaguar D. Saul depois de ajudar Robin a escapar durante a destruição de Ohara. Sua vida em fuga desde os 8 anos de idade de Robin ensinou a ela caminhos da sobrevivência e auto-preservação, e ganhou notoriedade por ser capaz de evitar situações incontornáveis. Mesmo o Almirante Aokiji comentou que ela poder ter escapado da CP9 é que ela tinha que se sentir como ele (ela só respeitou as condições de mantê-los a partir da libertação do Buster Call sbre ela).

Robin também é uma arqueológa especializada com um vasto conhecimento sobre histórias e culturas. Ela é um dos poucos vivos (se não a única) que pode ler a linguagem de scripts em tábuas poneglyph que contêm os registros da história antiga. Essa é a razão real pela sua recompensa ser tão alta. Ela ensinou a maioria dessas habilidades para si mesma através de muitas pesquisas na biblioteca de Oraha, durante a sua infância, que ela fez sem a ajuda de seus colegas mais velhos, o que implica aptidão em termos académicos e de investigação. Fora do conhecimento histórico, ela tem um conhecimento considerável da maioria das figuras mais importantes do mundo e tem pelo menos ouvido falar de figuras como Shanks, o Ruivo, Dragon e Gekko Moriah, além de conhecer sobre os três Almirantes da Marinha.

Robin não tem nenhuma habilidade sobre-humana além de seus poderes de Akuma no Mi e é uma atleta acima da média. Enquanto que o uso freqüente de seus poderes em batalha deixam muitos atributos físicos em questão, é sugerido ao longo do tempo que a destreza física de Robin é realmente muito mais forte do que as construções frágeis, caso contrário a sugestão seria que ela foi vista sendo capaz de assumir direto os socos e chutes de Yama (com o último que enviou seu vôo através de uma parede, detonando-o) e ainda era capaz de, efetivamente (embora com alguma dificuldade) retaliar depois de manobrar o último ponto das ruínas de Skypiea, e conter um poderoso zumbi como Jigoro (embora brevemente, já que estava com os poderes de Zoro). Ela é ágil o suficiente para manobras (mantendo os braços em formação de "X") a caminho de um grupo de marinheiros capitães e comandantes de níveis antes de usar seus poderes em reataliação. Seus poderes fazem ela, particularmente bem adequada para assumir um grande número de inimigos, e os outros membros do grupo de sua tripulação como o Trio Monstro em termos de força devido à forma de como suas habilidades são perigosas, como evidenciado quando Nami a coloca no grupo proibido do golpe de Gan Queda após seu apito e pedir ajuda, juntamente com os outros membros mais fortes da equipe, e em dois encontros hostis com a equipe onde ela não teve nenhum problema em desarmar todos os Chapéus de Palha de uma vez. Durante o Arco Thriller Bark, vale a penta notatr que, antes de Nightmare Luffy chegar, ela foi a única membra dos Chapéus de Palha que foi capaz de realmente lutar diretamente contra o Shichibukai, Moriah, enquanto ele estava dentro de Oars.

Um de seus aspectos impressionantes é a sua força de vontade, ela conseguiu se recuperar em poucos minutos após sua sombra ser roubada por Gekko Moriah (quando, geralmente, leva alguns dias para a maioria os seres humanos). Parece que ela também é ágil, se recuperando rápido e saber combater. Um exemplo de sua capacidade de recuperação é quando ela, Zoro, Fall Gan e Wiper foram todos nocauteados pela capacidade da Akuma no Mi de Enel, Robin foi a primeira pessoa a se acordar. Mesmo com uma grave lesão, ela ainda possui a força para usar sua habilidade de Akuma no Mi e levar a pessoa para um lugar seguro e se recuperar totalmente, sem o auxílio de Chopper. Outra coisa sobre Robin é que ela não tem medo de usar violência como solução para um problema ou para a defesa e muitas vezes incapacita seus inimigos, quebrando o pescoço ou as costas (mesmo quando eles clamam por misericórdia), indo tão longe a ponto de espremer o escroto de Franky, muito incansavelmente, para tentar fazê-lo participar do seu grupo, e não liberá-lo mesmo quando Luffy disse-lhe para parar. Ela também tem o hábito de espionagem (ou seja, ouvir conversas, a leitura da linguagem corporal e as expressões faciais), o que é mostrado quando ela espiona a conversa de Sanji no Thriller Bark ou ler as expressões dos Chapéus de Palha quando ela queria se juntar à tripulação. Em Water 7, ela admite a Chopper que ela tem esses hábitos desde sua infância.

Akuma no Mi

Mais informações: Hana Hana no Mi
300px-Hanahana

Robin usando claramente o poder da Hana Hana no Mi.

Robin comeu uma Akuma no Mi da classe Paramecia chamada de Hana Hana no Mi em uma idade muito jovem, como ela é vista usando seus poderes com oito anos de idade, e foi competente o suficiente para ser capaz de usá-los para sua vantagem em espionar a pesquisa que o professor e o resto de seus ex-colegas de Ohara estavam conduzindo sob o radar do Governo Mundial. Ela pode se espalhar partes de seu corpo em qualquer superfície, incluindo seu próprio corpo, outros corpos e otros objetos, permitindo-lhe criar cópias dela. No entanto, se suas partes replicadas serem feridas, ela sente a dor em seu corpo real. Normalmente, quando ela usa seus poderes, ela cruza os seus braços em forma de "X" sobre seu peito. Robin é inteligente o suficiente para saber como suar os seus poderes de forma mais eficaz e eficiente, com seus ataques impedindo o inimigo, parando todos os movimentos com as mãos, sempre se multiplicando. Embora ela seja muito poderosa, se ela brota partes do corpo elas podem ser atingidas e esticadas, causando danos ao seu corpo real; sendo esse seu ponto fraco. Seus poderes também são muito úteis em situações perigosas. Ela pode levar seus amigos usando pés e mãos. Até agora, mãos, pés, orelhas e os olhos são as partes do corpo que ela tem usado tanto em ataques e em outras aplicações. Ela tende a usar sua habilidade para colocar seus inimigos e sua submissão dolorosa os detém.

Seus ataques mais comuns são Seis Fleur Clutch (Robin torce a parte superior do corpo do inimigo ao redor) e Ocho Fleur Flip (Robin usa um par de braços que derrubam o adversário para trás, formando um par de braços no chão abaixo deles, e quando um inimigo tenta resistir sobre ele, mais dois pares aparecem em suas pernas e cabeças e no queixo e os alvos são simultaneamente torcidos e suas cabeças e pescoços são puxados para trás, torcendo-os, para os oponentes mais fortes, ela usa mais mãos e foi visto quebrando uma pessoa ao meio.

Ela também pode usar sua habilidade para um número de funções de apoio, como formar uma rede para apanhar os camaradas de uma queda ou formar um grande números de mãos em forma de asas, dando-lhe a capacidade de permanecer no ar por alguns segundos. Ela também pode transportar objetos, que por ter pés para crescer o objeto ou uma fileira de braços com cada braço ou um par de braços passando um objeto para o outro. Ela também usa os olhos e ouvidos para a aquisição de conhecimento, por exemplo, espionagem. Em um exemplo, quando Usopp estava caidno através do Mar Brancom ela brotou olhos nos braços estendidos de Luffy para encontrar Usopp e resgatá-lo por uma laço cada vez maior de mãos do braço de Luffy. Após o timeskip, Robin é capaz de desafiar o poder, temporariamente, da drenagem dos efeitos do mar, por um curto período de tempo, para proteger sua tripulação de ser esmagada por uma montanha do mar grande, usando sua "Gigantesco Mano".

Seus ataques são uma combinação de línguas como espanhol, francês e inglês. Ex. "Cinco Fleur". Cinco (cinco em espanhol/português) se refere ao número de armas que ela floresce, e fleur é a palavra francesa para flor. Alguns ataques são seguidos por uma palavra em inglês que descreve para o propósito do ataque. Ex. Clutch. Os ataques são principalmente em inglês, usando a palavra "Floret" em vez de Fleur como "Oito Floret".

Seus limites tem sido dados para os poderes de Robin, mas o autor, Oda, tem tom de brincadeira e afirma que ela só pode brotar membros a uma distância de "200 Hana Hanas". Fãs, muitas vezes interpretam isso como significando que ela só pode brotar 200 membros, mas isso é falso, já que após a timeskip ela pode brotar pelo menos mil armas. No entanto, ela, naturalmente, precisa estar ciente da posição de outro objeto ou se uma pessoa atacá-la.

Após o timeskip, ela é capaz de tomar seus poderes da fruta para um nível totalmente diferente, fazendo clones de si mesma, em vez de apenas produzir muitos braços. Além disso, ela agora é capaz de produzir membros gigantes em um novo estilo de usar seus poderes de Akuma no Mi que ela chama de "Mil Fleur: Gigantesco Mano".

Armas

Ela carregava um punhal em seu cinto, mas não usava em combate, como ela luta desarmada apenas usando seus poderes. Ela só usou uma vez em tentativa de matar Crocodile em legítima defesa.

Quando Robin se juntou a CP9 durante a sua invasão na mansão de Iceburg, ela realizou várias mãos armadas com pistolas, bem como empunhar todas elas ao mesmo tempo com o poder da Hana Hana no Mi.

História

Sua mãe, Nico Olvia, era uma arqueóloga que partiu em busca dos poneglyphs, deixando Nico Robin aos 2 anos nos cuidados dos tios em Ohara, a ilha dos arqueólogos. Tendo as habilidades de uma Akuma no Mi, Robin foi tratada como um monstro e judiada por praticamente todos os habitantes da ilha, inclusive seus tios, ganhando apelido de Filha do Demônio. No entanto, tendo interesse por leitura, Robin desde pequena teve acesso à grande biblioteca de Ohara, administrada pelo Doutor Clover onde encontrou seus verdadeiros amigos e logo tornou-se uma arqueóloga adquirindo aos poucos a capacidade de ler poneglyphs. Passado alguns anos, Robin encontra um gigante naufragado, seu nome é Jaguar D. Saul e este a alerta sobre os perigos que os arqueólogos de Ohara correm: o Buster Call. O governo não permite o estudo dos poneglyphs, e quando foi descoberto que os arqueólogos de Ohara estavam tentando descobrir a história, o que ocorreu no passado, aquela ilha passou a se torna perigosa. Alarmada, Robin corre para avisar seus amigos, o que ela não sabia no entanto, era que sua mãe escapara da emboscada e tinha voltado para avisar seus companheiros. Os navios da marinha se aproximaram e começaram a evacuar a área, a fim de salvar inocentes. Os arqueólogos são capturados e Nico Robin chega ao local sem saber da presença de sua mãe ali, Doutor Clover pede para que ela não revele ser uma arqueóloga ou ela pode morrer e Olvia não quer que Robin se torne a filha de uma criminosa...

200px-149604-robin095 super

Olvia e Robin, durante o massacre em Ohara.

Encurralado, Dr. Clover começa revelar seus conhecimentos sobre os poneglyphs, e antes que revele o nome da civilização perdida ele é morto e o caos volta a reinar. Alegando que "Ohara sabe demais" a ilha toda deve sucumbir, sem haver sobreviventes. Olvia finalmente revela sua identidade para Robin e pede para que ela viva. Enquanto Robin foge, os arqueólogos lutam para salvar seus livros das chamas e passar seu conhecimento adiante. Saul sacrifica sua vida para que a menina possa fugir e acaba morto por Aokiji, que o congela vivo, mas ele atende o pedido de seu amigo, e congela uma parte do mar, fazendo um caminho de gelo para que a Robin possa fugir. Robin deixa a ilha chorando, enquanto Ohara queima sem deixar sobreviventes. Assim, Robin ganha a recompensa de 79 milhões de belis baseada em uma mentira, de que ela, com apenas 8 anos afundou 8 navios de guerras sozinha, por causa disso, foi traída e caçada por pessoas comuns diversas vezes e acabou se envolvendo com grupos criminosos para poder ter acesso aos poneglyphs, a Baroque Works.

Rede da Wikia

Wiki Aleatória